domingo, 23 de setembro de 2012

Eu a Amo


Eu a amo.
Essa é a canção que canto todos os dias.
Eu amo e não posso negar
Que, em todas as vias de meu coração,
Ela é a única que quero amar.

Eu a amo e não importa por quê;
Não importa que ninguém se importe.
Eu a amo todos os dias
E todos os dias o amor que sinto
Se torna mais bonito e forte.

Eu a amo e não há dúvidas quanto a isso,
Mas deixe-me repetir:
Eu a amo, eu te amo,
E não deixe que o amor
Deixe de existir.

Eu a amo e não saberia viver
Se, de repente, todas as maravilhas que imagino
Sucumbissem e me fizessem lhe esquecer.
Eu a amo e tudo seria um vazio abstrato
Sem que seu esplendor viesse me entreter.

Eu a amo, eu te amo cada vez mais.
Mas não amo por amar,
E sim por amá-la e idolatrá-la;
Por seus olhos serem os únicos que os meus distraídos
Conseguem encontrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário