domingo, 30 de setembro de 2012

Poética da Simplicidade

As fotografias sorriem de volta para
A música que ouve sua voz.
Os olhos das estátuas observam
O que tudo que não vemos forma:
Um pequeno mundo envolto por nós
Das cordas que,
Juntas,
Acabam
Em
Simples
Poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário