domingo, 23 de setembro de 2012

Rainha

A rainha me acorda todas as noites
Para que, em breves visões,
Eu sinta seu toque apaixonado
E não descanse até que a veja de novo.

A rainha vem até mim todas as noites:
Ela apenas se aproxima. Ela apenas me acompanha.
Ela simplesmente me surpreende com um beijo
E, de repente, ela se vai.

Acomodo a rainha em minha casa todos os dias,
Mas ela parece não notar.
Parece que apenas está ali, imóvel, com seu carinho insensível...
E, de repente, ela está em nenhum lugar...

A rainha se vai de minha casa...
A rainha sai de minha mente...
A rainha mente em meus sonhos
E se desliga do amor ardente
Que parecia eloquente
Em meus pensamentos.

A rainha me acorda todas as noites
Para que, em uma breve visão,
Eu sinta seu toque apaixonado
E não descanse até que ela me ame
Como a amo, sendo para mim
A única e insubstituível, rainha do meu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário