terça-feira, 30 de outubro de 2012

Globalização

A globalização não cria uma linguagem universal.
Não da forma como alguns pregam.
É certo que a influência imposta por todos, seja na cultura,
Na política, religião, etc
É indispensável, inerente à forma como vivemos - em rede.
Mesmo assim, uma linguagem universal única é mito.
As linguagens regionais e nacionais se mantém,
O que muda é que, ao passo que há o resguardo de tradições,
É deixada de lado a visão da mesma.
Por exemplo, possuímos costumes,
- Somos os supostos donos do futebol.
Ao passo que outros países desenvolvem isso,
Vamos perdendo esse prestígio mundial, mas não o costume, a tradição.
Ainda somos os donos do futebol, mas as pessoas deixam de ter essa visão
Sobre nós.

A globalização não cria uma linguagem única.
Ela cria formas de se conectar.
Ela cria novos jeitos de se ambientar
Ao Novo Mundo - a era das redes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário