segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Orgulho de Ser Brasileiro

Não existe amor ao Brasil
- Exceto em jogos esportivos... e naquelas.

Concordo. O brasileiro é um vagabundo que senta em seu sofá e vê o mundo girar para si mesmo.
O brasileiro é um fanático ignorante e, além de tudo, BRASILEIRO! (pleonasmo triplo).
Não se pode vestir uma camisa diferente,
Não se pode deixar de crer em algo comum.

Concordo com os dois primeiros versos.
O pobre brasileiro é burguês de pensamento!
Conforma-se, pois não há com que se preocupar - aos olhos tampados por sua alienação
Ou então, cerrados por sua nacionalidade, simplesmente.

Concordo que há muitas coisas belas em nosso país,
Mas são ofuscadas por tanta sujeira.
Já está na hora de MUDARMOS, não de esperarmos alguém mudar e limpar
As lentes com as quais vemos nosso mundo.

Concordo também que nem todos são assim,
Mas juntos somos Brasil e juntos somos convictos de nosso fanatismo.
Sou brasileiro, um subordinado!
Assim como os que compõem o que chamamos de país.

Não existe amor ao Brasil
- Exceto em jogos esportivos
- Exceto em sonhos
- Exceto na ilusão de quem vive a mentira que é ser brasileiro.

Somos filhos do caos, da corrupção, das ofensas por nada, da violência e da podridão.
Mas tudo isso existe, porque, além de filhos, somos seus pais,
Perpetuando esses problemas em nossa sociedade
De forma que qualquer tentativa de restauração é imediatamente bombardeada.

Uma das maiores economias do mundo e uma das menores cabeças, sem dúvida...
Espere! Ordem e Progresso! Olhe! VEJA!
Ah não, era apenas mais uma bandeira, uma brincadeira de criança talvez...
Nada muito sério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário