terça-feira, 16 de outubro de 2012

Poética do Amor

Quero escrever as histórias mais bonitas
Para descrever uma fração do que teu amor representa para mim.
És mulher, és meu amor
E, para meu coração, és todo o amor que existe no mundo.

Quero escrever todos os poemas, as mais lindas palavras
Para tentar traduzir o que vejo e o que sinto.
És tudo, és o amor
És tudo para mim, meu amor.

Poderia passar a vida inteira relatando sonhos,
Relatando instantes que imaginei
Amando-te e querendo-te,

Mas nada é como o que fiz e faço para ter-te,
Nada é como o amor que sinto com um simples olhar...
E, todas as noites, penso - penso em novas formas de te amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário