domingo, 4 de novembro de 2012

A Casa das Rosas

Passeando pela noite, na Avenida Paulista,
Fui participar de um sarau...
A Plenos Pulmões, seu nome.

Encontrei figuras como o seu Gilberto,
O misterioso Shidon
E também nosso mestre Akira
                           - entre outros.

Desenvolvi a poética da percepção
E logo percebi que o que eles tinham para mostrar
Era uma obra divina,
                            - A divindade da criação.

O poema Labirinto, assinado por mim,
Também foi lido e muito bem recebido
Por todo o contingente amante da arte.

E com esse simples poema,
Encerro uma exceção:
A poesia-nota.



Nenhum comentário:

Postar um comentário