terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Sono Celeste

Viajando descubro um mar de nuvens
Que não sobe nem desce
Quer termine ou comece
A pensar no que pensar
Enquanto minha mente adormece.

E nesse mar divago sonhando
Em um dia sonhar tamanha grandeza,
A ser estudada e comprada
Por duques de asas,
Diversa celeste nobreza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário