domingo, 6 de janeiro de 2013

Possibilidades

Tudo que vier a dizer
Já foi dito por alguém
Em algum momento
Distante de mim.

Mas por qual motivo
Insisto em pensar
Que sou original a ponto de
                                       me entender
                                       como ser único?

Se tudo que disse foi dito outrora,
Terá sido minha existência duplicada
Ao falar sobre minha existência?

                                                                  Então,
                                                                  Se não sou o primeiro a dizer tais palavras,
                                                                  Será que sou uma cópia
                                                                  De uma cópia,
                                                                  De uma cópia?!


Nenhum comentário:

Postar um comentário