domingo, 7 de abril de 2013

Ligações

Enquanto escorriam todo o sofrimento interno
Por meu rosto áspero e sujo,
As lágimas se esquivaram das mágoas
Que deveriam limpar
O sentimento ímpar
Que senti, vazio e angustiado.

Estava esquecido,
Estava escondido e calado
Para que não fosse descoberto despejando
O líquido da emoção,
Que saía de meus olhos ardentes...


                                                E tocou o telefone.

Era ela

                             dizendo que estava tudo bem
         
                            e que não precisava ficar triste.



                                                                               Fez-me sentir valorizado


                                                        quando ninguém parecia estar por perto.


E nos amamos por duas horas
                                             
                                               em meio aos chiados e ligações perdidas.


Depois deitei-me


                                                       e dormi sentindo seu abraço,

mesmo estando distante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário