terça-feira, 11 de junho de 2013

Esperança

Você não me arrastará para baixo.

O passado já tentou,
                                                            tesouras e lâminas tentaram,


a solidão e melancolia também.


                                                                           Poemas baixos, sem palavras,


                 palavras sem poemas, poetas, sem perspectiva...



todos quiseram meu fim.


                                                   Mas não conseguiram.


Não me levaram consigo.

Não me tiraram da eternidade.

Não me silenciaram.

                                                                    Não me possuíram.


 Só me tornaram mais forte.


                                           Renasci de minhas cinzas mais uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário