sábado, 20 de julho de 2013

Ela

Quando temos ninguém
temos medo de nunca encontrar
alguém a quem amar.

Quando temos alguém,
temos medo de acabar
com ninguém a quem abraçar.

Vivemos com medo,
mas, se não vivêssemos assim,
não daríamos valor a quem temos ou tivemos.
Se não vivêssemos assim,
o amor que sinto pareceria vão até para mim.

Essa é a natureza humana:
temer sair de sua zona de conforto, de felicidade...
o sofrimento.

E é assim como me sinto a seu lado:
livre, alegre, vivo, apaixonado...
como todo bom homem, temendo perder o que me faz feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário