segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Amizade e coleguismo

A maioria é substituível,
assim como eu,
para parte dela.

A minoria é de cada um.
Mas cada um não sabe
quem dela faz parte,

porque o colega mais chegado
é o amigo por conveniência,
não o irmão de outro sangue.

A maioria é substituível.
Sim.
Mas não você.

Não para mim,
Não para alguém.
Alguém certamente não substituível

Também para você.

E nesse vai e vem,
descobrimos, aos poucos,
quem importa para nós.

E os que se foram...
se foram...

os que permaneceram,
estão aí.

Podem ir embora?

Sim.
Mas quem sofre com o futuro
somente deixa o presente escapar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário