quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Relativo

A realidade realmente não existe.
Nega sua forma mentalmente
nas cabeças dispersas, individualmente,
enquanto anunciam o "real" em riste.

Se, para mim, versos versificam o nada,
para outro, a poesia agrega.
Mas, enquanto o poeta poeta se nega,
tornarei minha escrita abandonada.

A realidade realmente é relativa.
Transfigura-se em pensamentos distantes,
que se alinham em diversos instantes
na cabeça do povo, irreal e inativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário