terça-feira, 1 de outubro de 2013

Ainda a si se afronta

Não posso dizer se sou alegre ou triste,
pois aponto os olhos a mim mesmo num espelho em riste
e de um lado vejo angústia, mas também um sorriso;
de um lado a loucura, de outro o siso.
E nesse espelho trincado em minha face
tudo que faço é marginal e sem classe
para o trinco que ali se encontra
e para mim mesmo, que a si se afronta

sem arrependimentos ou desculpas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário