quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Memória de um passado filosófico

memórias que deixamos
para trás
são partes de nós
esquecidas pelo tempo
num autodesfalecimento
mental.

são metalinguagens em si mesmas;
nostalgia de um passado futurístico...
parte que parte à parte do todo.
ficamos soltos sem memórias
e aflitos, e frios, e cálidos.

são fragmentos de nossa experiência.
Para onde são levados?

a questão é questionar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário