sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Flux

Sobre a mesa: o livro de Camões
e seus versos de amor e ilusões,
que agora já preenchem minha mente
como se fossem meus.

Estou estranho: não escrevo, não penso
e somente tento, se nem tento, prenso
minhas mãos nas folhas rasgadas, amasso
e as atiro em direção qualquer.

Sobre a mesa: o livro de Camões
e meu amor e suas inundações
molhando as bordas e manchando
as palavras com gotas de minha poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário