sexta-feira, 28 de março de 2014

Perfeição

Não precisamos alcançar ou buscar a perfeição.
Ela está ali. Porém, nossos olhos não enxergam
além da superfície. Veem distantemente as margens
do solilóquio internalizado que remete à fala eloquente
de nosso próprio eu para conosco, e considera erros
fragmentos de uma inconsciência visível no não ser.

Mas erramos. 

E isso não quer dizer que somos piores que nós
mesmos ou que outrem. Somos apenas diferentes e humanos.
E somos humanos - apesar de pensarmos o contrário
com nosso ego latente e transcendente ao nosso corpo.
Buscamos nos tornarmos algo além de nossa condição
humanística e mediana. Buscamos justamente a perfeição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário