sábado, 22 de março de 2014

Solilóquio

Somente a ânsia e angústia compartilho em meu solilóquio interno
e em sôfregas palavras me disperso, sozinho, num subconsciente
inconsciente e inadequado para estrofes de tamanha confusão
e ineloquência escrita - como estas, como as que me descrevem.

Em meio à torrente de meias palavras,
cóleras, descrença e melancolia se misturam
como o grito surdo do peito de um suicida
em um poeta perdido às margens de seus versos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário