quinta-feira, 1 de maio de 2014

a você II

teus olhos são reflexo do oceano esverdeado,
que ninguém detém; que a si não compreende
e que a si questiona sem saber o motivo
ou consequência de ser o que não é.

teus cabelos são reflexo da aurora,
em um céu dourado que ilumina a si
em luzes transversais e sóis sombrios.

tua personalidade, tão quieta, tão vasta e secreta,
sobrepõem-se aos sonhos e vontades da garota
dos passos verdes.

e, se pudesse falar contigo, se pudesse tocá-la ou dizê-la,
diria que temos naturezas e eternidades em nós.
e que, em mim, serás eterna enquanto meu amor durar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário