sexta-feira, 20 de junho de 2014

Adeus, mundo cruel

dois dias mais cedo e o frio
consumia meu corpo morto.
dois dias após e o vazio
toma conta de mim, absorto
em pensamentos e tormentos
como o mais tenro e sombrio
momento de melancolia.

dois dias mais cedo e a morte
encerrou a mim mesmo
como se fizesse cortes
em meu corpo a esmo...
pensando em tempo passados,
na miséria presente
e no vazio futurado.

ela esteve aqui. trouxe flores.
mas elas também já se foram.
e, agora, estou só. novamente só.
como nunca pensei que estaria.

ela esteve aqui. deu-me um beijo
e se foi.
e, agora, já vou-me embora.
vou-me embora deste mundo cruel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário