quarta-feira, 11 de junho de 2014

-

por todo meu amor serei atento
aos sonhos, ambições e medos,
e às ilusões, enigmas e segredos
que constroem meu amor e, em ti, meu pensamento.

por todo meu amor serei eterno, a cada momento,
e, em todo, em tudo, com meu coração calado,
singelamente nobre, sutil e delicado,
serei o motivo de teu próprio contentamento.

Um comentário: