sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Misantropia II

É tarde... e já estamos distantes.
Os pássaros cantam a poesia,
mas não cantam como antes.
O céu é o véu que a ti entrelaça
e te leva de mim em doce ameaça.
Sou eu quem foge à melancolia.
Não controlo sentimentos...
Tudo ainda são tormentos...
Tudo é misantropia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário