quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Loucura

Não diga nada a ninguém sobre o que sua mente esconde, e deduzirão sua insanidade. Caminhando vertical e melancolicamente, escrevi um poema que dizia ser o maior relato de amor dos últimos tempos. Logo, meu coração passou ao fogo, e meu ego ascendeu novamente, varrendo todos os meus sonhos de giganteza de meus olhos reflexivos. Não diga nada a ninguém, fique quieto em seu canto, e deduzirão sua insanidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário