sexta-feira, 24 de outubro de 2014

-

às vezes
dois
às vezes
nenhum.
somos
o que
somos:
nada
de mais.
a mais
somente
nossa
melancolia
e amor
entrelaçados.
a depressão
me consome
e, assim,
sumo
na treva
de mim
mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário