terça-feira, 18 de novembro de 2014

-

Um simples verso
                         de
uma
poesia cansativa

para olhos que refletem
                               a
janela vazia
                      a
janela
               e
a melancolia

do poeta maldito.


Um simples verso
                       e
meus
olhos tornam-se outras
janelas para um mundo
vazio, entrevado, sombrio.



Um

                      simples
 
                                                   verso

                                                                   d i v i d i d o

                                em

                                                 fragmentos

                                                                                  de
solidão.



Um simples verso amarelo, contido,
ilusório, pragmático e divertido,
rimado, adjetivado, ametrificado,
mas cheio de um sujeito descontraído.


Um

simples

verso

pra ir pra



puta que pariu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário