domingo, 23 de novembro de 2014

Deixe ser

Descobri o preconceito
através de meus olhos
quando me deparei com uma
pessoa negra pela primeira vez.

Logo, aboli a consciência
preconceituosa e passei a tratar
pessoas como, simplesmente, pessoas.

Não há beleza ou feiura,
não existem raças ou etnias,
não distingo gordos de magros,
e não sei o motivo desse caos sexual
em que vivemos.

Deixe-os ser...
Deixe que sejam humanos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário