terça-feira, 9 de dezembro de 2014

-

Perdido numa realidade que eu mesmo criei,
imergi nos ciprestes da vida, num sono profundo.
Alimentado pela agonia de viver, só eu, só, imundo,
preferi ceder aos sofrimentos que eu mesmo inventei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário