segunda-feira, 30 de março de 2015

Um não sei

Outro dia sonhei com os gestos teus.
Eram de outro, como o de outro, outro, e do outro: meus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário