sábado, 25 de abril de 2015

-

Torvo em meu aspecto
de alma embriagada,
quisera eu saber como viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário