segunda-feira, 2 de maio de 2016

-

meu primeiro fracasso
se dá na infância triste,
em que tudo de mim desiste,
e me torno vão e escasso.

lágrimas no escuro despejadas,
estancamento em segredo,
"já vai cedo, rapaz, já vai cedo"
e as cartas nunca entregues, apaixonadas.

ladrão de minha infância,
tenha um pouco de empatia,
pois decepciono com a poesia,
tudo de mim - tenra irrelevância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário